Paris Filmes anuncia eventos de ‘A Esperança, Parte 1′ em 13 cidades brasileiras!

fb38d37c-3902-11e4-af68-005056b70bb8

Os tributos do twitter tiveram uma longa tarde, mas no fim, ajudaram a Paris Filmes a selecionar 13 cidades brasileiras para sediar eventos oficiais de ‘Jogos Vorazes: A Esperança, Parte 1′. A tarefa era bem simples, bastava usar a tag referente a sua cidade (exemplo: #AEsperancaSP, #AEsperancaManaus, etc) e a que chegasse a 1000 tweets primeiro receberia o evento. Vamos aos vencedores:

Distrito 1 – Rio de Janeiro
Distrito 2 – São Paulo 
Distrito 3 – Belo Horizonte
Distrito 4 – Brasília
Distrito 5 – Manaus
Distrito 6 – João Pessoa
Distrito 7 – Porto Alegre
Distrito 8 – Belém
Distrito 9 – Salvador
Distrito 10 – Vitória
Distrito 11 – Recife
Distrito 12 – Campinas
Distrito 13 – Florianópolis

Está aí tributos! Vocês deram sorte? Bom, foi dito ainda no twitter que cada cidade terá 2 líderes e que eles terão que unir 100 tributos para completar tarefas que darão brindes às cidades vitoriosas! Legal né? Fiquem ligados pois amanhã conheceremos os líderes e teremos mais novidades!

Anúncios

[RESENHA] A esperança, de Suzanne Collins.

Não preciso nem dizer que nessa resenha falarei um pouco dos fatos ocorridos nos outros dois livros da trilogia, né? Se você ainda não leu Jogos Vorazes, confira a resenha do livro clicando aqui. Se você ainda não leu Em Chamas, confira a resenha do livro clicando aqui. Não diga que não avisei.  Nome: A Esperança.  Autora: Suzanne Collins Editora: Rocco Jovens Leitores Edição: 1 Ano: 2011 Paginas: 424 Tradutor: Alexandre D’Elia ISBN: 9788579800863 Sinopse:  Depois de sobreviver duas vezes à crueldade de uma arena projetada para destruí-la, Katniss acreditava que não precisaria mais de lutar. Mas as regras do jogo mudaram: com a chegada dos rebeldes do lendário Distrito 13, enfim é possível organizar uma resistência. Começou a revolução. A coragem de Katniss nos jogos fez nascer a esperança em um país disposto a fazer de tudo para se livrar da opressão. E agora, contra a própria vontade, ela precisa assumir seu lugar como símbolo da causa rebelde. Ela precisa virar o Tordo. O sucesso da revolução dependerá de Katniss aceitar ou não essa responsabilidade. Será que vale a pena colocar sua família em risco novamente? Será que as vidas de Peeta e Gale serão os tributos exigidos nessa nova guerra? Acompanhe Katniss até o fim do “thriller”, numa jornada ao lado mais obscuro da alma humana, em uma luta contra a opressão e a favor da esperança. Continuar lendo